sexta-feira, 1 de julho de 2016

Promoção de inauguração!!! Faça hidroginástica ou fisioterapia aquática em piscina térmica, e pague um precinho que cabe no seu bolso


Center fisio (Centro de reabilitação clinica Dr. Cleiton leite) está oferecendo a Caicó e região o que há de melhor em atividade aquática, como: hidroginástica, fisioterapia aquática em grupo e fisioterapia aquática individual. Nossa piscina é adaptada para pessoas com necessidades especiais, e público em geral.

A Clinica oferece ainda: tratamento especializado nas lesões de joelho, quadril e coluna vertebral.

Dispomos de: Fisioterapeutas, Psicólogos, Nutricionista e Educador físico.

Marque já sua consulta: Rua: Maria de Fátima Gomes 1260 no Bairro Penedo em Caicó (enfrente ao antigo bode assado).
Tel: 3421-3668/ 9. 9811-2422/ 9. 96387444


VÍDEO: Potiguar que faz sucesso na net foi entrevistada por Fátima Bernardes


anigif-fgcell


A Potiguar Graciane Dias da cidade de Serra de São Bento, foi uma das convidadas desta sexta do programa Encontro com Fátima Bernardes da rede Globo.

Graciane ficou conhecida em todo o país após suas fotos em lugares inusitados serem compartilhadas nas redes sociais por milhares de internautas, veja abaixo a participação da potiguar no programa.




anigif-noticias22

Relatório diz que presos que mataram caicoense em Caraúbas/RN estão sendo castigados


anigif-fgcell

Como castigo por ter matado colega de cela e colocado a mãe do detento para ouvir os gritos via telefone semana passada dentro do pavilhão A da Cadeia Pública de Caraúbas, os presos estão nus e sem tomar banho há cinco dias nas celas com alta temperatura e sem luz.

A denúncia é da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil, de Mossoró, assinada pelos advogados Francisco Canindé Maia (presidente da OAB), Rogério Barroso de Oliveira, Gideão Marrocos da silva e Gilvan Lira Pereira.

Veja RELATÓRIO NA ÍNTEGRA:
Os advogados receberam documentos com imagens de que os presos estavam sendo privados de seus direitos básicos e sofrendo torturas dentro da Cadeia Pública de Caraúbas e nesta quinta-feira, 30, fizeram uma vista técnica a instituição prisional.

Escreveram que no Pavilhão B, estava tudo tranquilo. Os presos estavam vestidos e recebendo alimentação normal. No caso, momento da visita dos advogados os presos estavam tomando o café da manhã, que era de pão, ovo, presunto e café.

No pavilhão A, encontraram os presos seminus e nus, dentro de celas sem colchões e ventiladores. A comida dos presos só é distribuída com ordens do diretor. Não está autorizado visita de familiares e menos ainda receber comidas ou vestimentas.

Os presos que se revoltarem, conforme consta no relatório da OAB Mossoró, é tratado com tiros de bala de borracha. O preso mostrou que havia sido ferido pela bala de borracha e apontou aos advogados o agente penitenciário que atirou com ordem do diretor.

A situação mais grave classificada pelos advogados foi com relação aos seis presos que estavam na cela que o preso Vanderson Bruno Martins de Freitas, de Caicó, foi morto semana passada. Os seis foram colocados num castigo chamado “chapa”.

Neste local não tem a menor condições de sobrevivência, um calor insuportável, sem água e com pouca luz. Em contato com os advogados, um preso falou: “Não existe crime que mereça o castigo que ele está sofrendo”, relata os advogados.

Ainda conforme os advogados, este tipo de castigo (“chapa”) não existia antes do atual diretor assumir, o qual eles o identifica como Idelfonso.
Ainda conforme a CDH: “na Cela 4 do Pavilhão A, encontra-se dois detentos, um com 63 anos e outro com mais de 70 anos, só de cueca, sem tomar banho e dormindo no chão. Esta cena chocou toda a comissão”, relata os advogados no relatório.

Concluído a visita as celas, os advogados procuraram o diretor (Idelfonso) para solicitar o relaxamento dos castigos impostos aos presos do Pavilhão ‘A’. O diretor teria respondido aos advogados que não ia perder sua moral e que o castigo iria durar os 30 dias.


anigif-noticias22
anigif-pizzaria

Vídeo mostra momento do assalto ocorrido nesta manhã de sexta em mercadinho de Caicó


anigif-fgcell

Vdeo mostra o momento do assalto ocorrido em um mercadinho no bairro Boa Passagem nesta manhã de sexta em Caicó.

Nas imagens é possível ver a ousadia dos ladrões que chegam ao local no meio de clientes, inclusive crianças e de armas em punho anunciam os assalto.




anigif-noticias22
online-kaneiro


Lançamentos com descontos você vai encontrar na Impacto e na Paraíba Magazine


JULHO MÊS DE HOMENAGER A NOSSA PADROEIRA SANTANA É HORA DE RENOVAR OS NOSSOS VOTOS DE FÉ E DEVOÇÃO. PENSANDO EM NOSSOS CLIENTES A IMPACTO CONFECÇÕES E PARAÍBA MAGAZINE JÁ ESTÁ COM TODOS OS LANÇAMENTOS EM BLUSAS VESTIDOS E ACESSÓRIOS VINDO DIRETAMENTE DO SUL DO PAÍS, TODAS AS TENDÊNCIAS E SOFISTICAÇÃO NO MUNDO DA MODA VOCÊ ENCONTRA AQUI! VENHA EM UMA DE NOSSAS LOJAS E ESCOLHA UM DE NOSSOS LOOKS QUE PREPARAMOS COM TODO CARINHO PARA VOCÊ. E MAIS PREPARAMOS UM DESCONTO TODO ESPECIAL PARA VOCÊ NAS COMPRAS A VISTA VOCÊ GANHA 25% E PARA PARCELAR 10% EM ATÉ 6 VEZES.

AV. CEL. MARTINIANO 450 SALA 02 AO LADO DA CHILLIBEANS TEL. 3417.4744 E PARAIBA MAGAZINE NA RUA MAJOR LULA, 991 EM FRENTE A PANIFICADORA SERIDO TEL. 3417.2000 SIGA NOSSAS LOJAS NAS REDES SOCIAIS FACEBOOK E INSTAGRAN.


Estudo aponta que RN tem 25 vezes a média nacional em crescimento de assassinato de crianças e jovens


anigif-fgcell

O Rio Grande do Norte é o estado da Federação com o maior crescimento percentual de assassinatos de crianças e jovens do país. O desempenho geral do estado é quase 26 vezes à frente da média nacional de 19,7% e de aproximadamente quatro vezes a média para a região Nordeste que é de 135,4%.

O relatório Violência Letal Contra as Crianças e Adolescentes do Brasil, da Faculdade Latino Americana de Ciências Sociais (Flacso) divulgado esta semana aponta para um crescimento de 509,8% de assassinatos de crianças e adolescentes no RN.

O levantamento levou em consideração o número de assassinatos de crianças e adolescentes de 1 a 19 anos entre 2003 e 2013. Ao todo, no Rio Grande do Norte, 1519 crianças e jovens foram mortos no estado no período pesquisado. Chama a atenção o fato de que quase dois terços dos homicídios aconteceram no intervalo de apenas quatro anos (2010 a 2013).

Entre os anos de 2003 e 2009, o crescimento do número de assassinatos aconteceu de maneira mais lenta, com uma média de 103 mortes por ano. Contudo, entre 2010 e 2013, houve um avanço do número de mortes com um total de 902 assassinatos de crianças e jovens em apenas quatro anos, uma média de 225,5 mortes anuais.

Para a presidente do Instituto Brasileiro de Estudos, Pesquisa e Inovação Social (IBEPIS), Dilma Felizardo, o profundo crescimento é reflexo da ausência de políticas de estado contínuas e convergentes com a realidade do segmento.

“O Rio Grande do Norte precisa de uma ação emergencial para retomar as rédeas das políticas públicas para a criança e adolescente. Hoje, não temos sequer um esboço de uma ação consistente para tentar frear esses números que não param de crescer. A violação de direitos desses jovens é uma constante e, para que isso acabe, é preciso um movimento coordenado e comprometido com o futuro das crianças e adolescentes do RN”, pondera.

Nacional

Por dia, 29 crianças e adolescentes são assassinadas no Brasil. O número coloca o país em terceiro lugar em homicídios de crianças e adolescentes em uma lista de 85 nações. Segundo o relatório, os homicídios são a principal causa do aumento drástico das mortes de crianças e adolescentes por causas externas.

Os assassinatos representam cerca de 2,5% do total de mortes até os 11 anos e têm um crescimento acentuado na entrada da adolescência, aos 12 anos, quando causam 6,7% do total de mortes nessa faixa etária. Entre as mortes ao 14 anos, 25,1% são por homicídio, percentual que atinge 48,2% na análise dos óbitos aos 17 anos.

Os números apontam para um total de 33.306 crianças e jovens com idades entre 1 e 19 anos assassinados no Nordeste, região com o maior aumento do número de assassinatos desse público. O crescimento total no período foi de 135,4%, o maior do país. A região Norte vem em segundo com 101,7%, enquanto a Centro-Oeste vem em terceiro com 58,1%.



anigif-noticias22
anigif-BANNER

Rio-2016: Emissora de TV alemã tem equipamento avaliado em mais de 1 milhão roubado


anigif-fgcell

Equipamentos de uma emissora de TV da Alemanha foram roubados na manhã desta sexta-feira, no Rio de Janeiro. Os objetos, que seriam utilizados na cobertura da Olimpíada, em agosto, estavam em dois contêineres interceptados por ladrões na Avenida Brasil, no centro do Rio. A emissora ARD/ZDF informou que os equipamentos roubados custavam cerca de 400.000 euros (1,4 milhão de reais) e tinham seguro.

"Os agressores desconhecidos atacaram o caminhão com contêineres no caminho do porto ao Parque Olímpico. O motorista não se machucou. Até agora não há qualquer vestígio do veículo e da carga. O sistema de GPS foi aparentemente desativado ou destruído", informou a emissora.

No dia 19, a atleta paralímpica australiana de vela e basquete, Liesl Tesch, e a fisioterapeuta da equipe, Sarah Ross, foram assaltadas à mão armada no Rio. Os ladrões levaram suas bicicletas. O aparecimento de um corpo esquartejado na praia de Copacabana nesta quarta-feira, próximo à arena do vôlei de praia, também assustou a imprensa internacional.


anigif-noticias22


Fiscalização é intensificada no rio Piancó-Piranhas-Açu


anigif-fgcell

Em parceria com a Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa), a Agência Nacional de Águas intensificou esta semana a fiscalização na Bacia do Rio Piancó-Piranhas-Açu, como determina a Lei 9433/97, que em período de escassez de água, prioriza o consumo humano e dessedentação animal.

Até esta quinta-feira (30), o trabalho de fiscalização realizado no trecho de São Bento a Paulista, ambos os municípios paraibanos, vistoriou 22 usuários, com o resultado de quatro multas entregues no valor de 5 mil reais; duas bombas lacradas e três apreendidas; dois autos de interdição cautelar; 1 advertência; 1 multa aplicada e quatro embargos.

Todos os autos, com notificação para remover as bombas encontradas no Rio, como também os sistemas de irrigação. A fiscalização continua por tempo indeterminado.


anigif-noticias22
erica


Pizzaria Nápoles com PROMOÇÃO nas terças e quintas com fatia por apenas 2,99 e entrega GRÁTIS


Pizza de vários sabores feita com capricho e no forno a lenha você encontra na Pizzaria Nápoles.

Todas as Terças e quintas tem PROMOÇÃO com fatias por apenas 2,99 a unidade, então não esqueça, quando bater aquela fome ou você quer um jantar especial com sua família ou amigos, vá na Pizzaria Nápoles que tem um ótimo atendimento e não deixa você esperando.

A Pizzaria Nápoles ainda trabalha com ENTREGA GRÁTIS de terça a sexta a partir de uma pizza.

Pizzaria Nápoles fica localizada no Calçadão no centro de Caicó, fone para contato e pedidos (84) 3417 6262 ou 99821 4973

anigif-pizzaria

PF prende amigo de Cunha e coloca grupo Friboi como alvo da Lava jato


anigif-fgcell

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta sexta-feira (1º) mais uma fase da Operação Lava Jato. O empresário Lúcio Bolonha Funaro, amigo do presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), foi preso nesta manhã. As empresas do grupo JBS Friboi e Henrique Constantino, herdeiro da Gol Linhas Aéreas, estão entre os alvos.

Os mandados desta etapa da operação, batizada de Sépsis, foram autorizados pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, Teori Zavascki, relator da Lava Jato no STF. Os policiais cumprem mandados em três estados – São Paulo, Rio de Janeiro e Pernambuco – e no Distrito Federal.

A ação na manhã desta sexta tem origem nas delações premiadas do ex-presidente da Caixa Fábio Cleto e do ex-diretor de Relações Institucionais do Grupo Hypermarcas Nelson Mello.



anigif-noticias22
PEDÃO AUTO

Pesquisa acha vírus de gado em bebês com microcefalia no Nordeste


anigif-fgcell

Uol - O surto de microcefalia registrado no Nordeste pode ter outras causas além da contaminação do feto pela zika durante a gestação. Pesquisadores brasileiros encontraram em amostras de fetos com microcefalia provocada pela zika traços de um outro vírus, o BVDV, um agente que até hoje se imaginava afetar rebanhos animais, como bovinos.

Os indícios, embora ainda tenham de ser comprovados com testes mais específicos, foram considerados relevantes pelos cientistas. Por precaução, eles comunicaram o Ministério da Saúde antes mesmo da publicação do trabalho em revista científica, em reunião de emergência feita na semana passada.

A pesquisa foi feita por integrantes da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e pelo IPESQ, Instituto de Pesquisa Professor Joaquim Amorim Neto. Diante das suspeitas, uma série de medidas foi adotada. A Organização Mundial da Saúde (OMS) foi comunicada e ontem foi realizada uma reunião com o Ministério da Agricultura para avaliar medidas de proteção do gado, caso a hipótese seja mais tarde confirmada.

Um grupo do Ministério da Saúde foi destacado nesta semana para ajudar a estudar o caso. Equipes foram enviadas a campo, na Paraíba, para tentar buscar ligações entre as mulheres que tiveram seus embriões com suspeita de contaminação por BVDV.

Embora intrigados com resultados, pesquisadores que participam do estudo ouvidos pela reportagem mostram-se cuidadosos. Eles dizem ser precipitada qualquer conclusão.

Os trechos do BVDV foram encontrados em três amostras, um número ainda considerado pequeno para fazer alguma afirmação categórica. O grupo agora concentra esforços para fazer o sequenciamento do vírus. Uma tarefa que é cara. Justamente por isso, buscaram auxílio do Ministério da Saúde.

"Essa é uma peça importante dentro desse quebra-cabeças. Nunca foi descartada a possibilidade de que, além do zika, outro vírus estivesse relacionado ao aumento de casos de bebês com problemas neurológicos", disse um integrante da força-tarefa destacada para avaliar o caso, que atua em Pernambuco.

Vírus da família da zika
O BVDV é um vírus presente no rebanho de vários países, incluindo o Brasil. Da mesma família da zika (Flaviviridae), ele causa no gado uma série de doenças, como diarreias e problemas respiratórios. O que chama mais a atenção, no entanto, é a grande quantidade de casos de abortos e de más-formações provocadas por esses vírus no gado. Entre os problemas encontrados, está a artrogripose, uma síndrome que provoca má-formação em articulações, já identificada em alguns bebês com microcefalia.

Foi justamente essa semelhança na forma do ataque do vírus na formação do feto de gado e dos bebês com microcefalia associada ao zika que despertou o interesse dos pesquisadores. Assim como acontece com bebês, a literatura mostra que o impacto do BVDV na formação do feto bovino muda de acordo com o período de infecção.

"Abortos e más-formações são mais comuns no primeiro trimestre da gestação dos bovinos", afirmou o professor do Departamento de Medicina Veterinária Preventiva da Universidade Federal de Santa Maria, Eduardo Flores. Assim como de humanos, o período de gestação no gado é de 9 meses.

O professor afirma que, embora muito presente no rebanho brasileiro, até hoje não houve relato sobre a transmissão do BVDV para seres humanos. Também não há registros sobre contaminação do vírus no meio ambiente.

Uma das hipóteses de pesquisadores é de que o fato da zika e o BVDV serem da mesma família possa aumentar a possibilidade de interação.

"Talvez isso ajude a explicar a forma como o zika rompe a barreira placentária e ataca o feto", diz um representante do governo de Pernambuco.

Essa interação poderia também ajudar a explicar um fato que intriga autoridades sanitárias e a comunidade científica em geral: por que algumas regiões do Nordeste brasileiro foram muito mais afetadas pela síndrome provocada nos bebês pelo zika do que outros Estados ou outros países?

A resposta ouvida até agora era de que a epidemia de zika em outras regiões do país é muito recente e que, por isso, seria preciso esperar alguns meses até que bebês com a síndrome congênita começassem a nascer.

"O tempo está passando e a epidemia de grandes proporções esperada no Sudeste não está acontecendo", afirmou o representante. O último boletim do Ministério da Saúde sobre a microcefalia mostra que há 1.417 casos confirmados no Nordeste e 106 no Sudeste.

Governo diz que medidas são precaução
O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Alexandre Santos, afirmou que as medidas adotadas até o momento sobre o vírus BVDV são feitas por precaução. "Existem indícios. Técnicos foram enviados para ajudar na investigação. A notificação da OMS faz parte do regulamento sanitário."

Um dos pesquisadores envolvidos no estudo disse que a tarefa, neste momento, é identificar o vírus inteiro do BVDV. "Encontramos trechos de fragmento de genoma. É preciso mais. Seria uma leviandade afirmar de forma categórica que o BVDV está associado à síndrome das crianças."

Casos de infecção do gado provocada pela Diarreia Viral Bovina (BVDV) são identificados no Brasil desde a década de 60. Estudos mostram que o vírus é encontrado em várias partes do país e afeta, principalmente, o gado leiteiro.

"Não é uma doença de notificação compulsória. A vacinação também não é feita de forma regular. O fato é que há muitos rebanhos contaminados", afirma o professor do Departamento de Medicina Veterinária Preventiva da Universidade Federal de Santa Maria Eduardo Flores.

A contaminação pelo vírus pode acontecer por meio das secreções (como durante a alimentação no cocho) e pelo sêmen. O ponto-chave para o controle da doença está na identificação e no controle de animais portadores do vírus, mas que não apresentam sintomas. "Esses bezerros geralmente são contaminados na última fase da gestação. Eles clinicamente são normais, mas excretam vírus continuamente."

Rebanhos com grande circulação do vírus, disse o professor, trazem grandes perdas reprodutivas. "Abortos, natimortos e más-formações", conta.

Água contaminada
A dúvida de pesquisadores é por que um vírus presente há tanto tempo no país e em outras partes do mundo agora está sendo associado a uma doença tão grave? Há várias hipóteses. Embora até hoje não haja registros de contaminações ambientais, uma das possibilidades avaliadas é de que o vírus entre em contato com humanos por meio da água contaminada pelas fezes do animal. "A região afetada sofre com desabastecimento de água.

Poços geralmente estão próximos de locais onde o gado pasta", disse o pesquisador. Há também a possibilidade do consumo de leite cru. Tais fatores de risco, no entanto, sempre existiram.

"A diferença é que agora entra em cena a zika, que poderia de alguma forma se associar com BVDV", diz um integrante do Ministério da Saúde. "Mas são hipóteses. São necessários ainda estudos para comprovar alguma relação."

Santos afirma que, no momento, não é preciso adotar nenhum cuidado extra. "São as recomendações de sempre: comer carne cozida, usar leite pasteurizado."



anigif-noticias22
artesenovidades

Moda infantil na On Line for men



Olha o Francisco todo no estilo usando On Line for men lindo né? A mamãe kaline Araujo adora o seu filho de Online, o nosso muito obrigado!

A loja On Line for men em Caicó está localizada na Av. Coronel Martiniano 751 no centro, contatos: (84) 3421 2199


Jogadores do santa Cruz interrompem coletiva do técnico e discutem com jornalista


anigif-fgcell

Depois de perderem por 3×0 para a Ponte Preta, dentro de casa, os jogadores do Santa Cruz foram para a sala de imprensa e interromperam o início da entrevista coletiva do técnico Milton Mendes. Entre eles, estavam o goleiro Tiago Cardoso, o lateral-direito Léo Moura, o zagueiro Danny Morais, o volante Uillian Correia, o meia João Paulo e o atacante Grafite. Todos foram apoiar o treinador coral.

Durante um momento, o clima ficou tenso. Uillian iniciou uma discussão com o repórter Iranildo Silva, da rádio Transamérica, que também é presidente da Associação dos Cronistas Desportivos de Pernambuco (ACDP-PE). O atleta acusou o radialista de deturpar a fala dele na saída do gramado.

“Quero saber quem é homem para falar na minha frente. Falaram que tínhamos que mudar todos os setores da equipe. A mudança tem que ser na mobilização do grupo e os erros foram coletivos”, questionou o cabeça de área. O profissional retrucou e disse que apenas repassou o que o jogador havia falado.

Foi preciso o assessor de imprensa Jamil Gomes e o técnico Milton Mendes acalmarem os jogadores. Principalmente Uillian Correia que era o mais exaltado. Com os ânimos serenados, o comandante coral fez questão de comentar a cena e frisou que o grupo está unido.

“Não posso deixar de falar sobre isso que aconteceu. Tanto a comissão técnica como os jogadores realizam um trabalho sério. Acho que isso foi uma demostração para finalizarmos o nosso problema. Não posso assumir o que as outras pessoas falam. Não creio que a nossa situação tem que haver com a relação do grupo. Quero dizer que lá dentro somos um time unido. Assumo toda a responsabilidade“, afirmou Milton.


anigif-noticias22
artesenovidades


Racionamento traz risco de aumentar infestação do Aedes


anigif-fgcell

Com o racionamento de água na Região do Seridó, gestores da Saúde antecipam a preocupação com o aumento de casos das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti. Este efeito do racionamento é explicado pelo uso crescente de depósitos para armazenar água nas casas, criando cenários favoráveis à proliferação do vetor.

Tambores, tanques, poços e mais caixas d’água são alternativas encontradas pela população nas cidades em racionamento. Se cresce o número de depósitos, aumentam os riscos de negligência em vedar os recipientes e combater a reprodução do mosquito.

O estado tem que ser competente no controle e orientação para a população, que por sua vez tem que fazer o dever de casa, para não gerar mais criadouros.

Pesquisas apontam que 70% e 80% dos casos de dengue ocorrem no primeiro semestre do ano, quando as condições de calor e umidade favorecem o ciclo reprodutivo do Aedes aegypti. Mas o racionamento pode entrar como fator positivo para a infestação do mosquito, que transmite também o zika vírus e a febre chikungunya.

O agente só passa em determinado imóvel uma vez a cada 60 dias, o restante dos dias quem tem que ser o agente é o morador, se acumula água, tem que olhar na hora que for retirar a água, se tem a larva, e se tiver, coe com um pano ou use a água o mais rápido possível, e antes de colocar água nova, lavar com uma bucha as paredes internas do deposito com água e sabão para a retirada de ovos que ficam presos nesses lugares.

O Povo|Caicodigital.com

anigif-noticias22
anigif-fta-popular